As contas da sua empresa estão em dia?

Até o final do mês de novembro, pequenas empresas podem regularizar sua situação com os bancos, fazer novos financiamentos, ter acesso a tarifas de serviços mais baratas e parcelar débitos no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviços).

Sete bancos participam da ação, chamada de Semana Nacional do Crédito, e informam que vão reduzir taxas em até 25% em relação às praticadas. O percentual vai depender de cada instituição.

A iniciativa ocorre durante o Fórum Permanente da Microempresa e Empresas de Pequeno Porte e tem o apoio do Sebrae, da CNI (Confederação Nacional da Indústria), da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, além de outros parceiros.

EMPRESAS DEVEDORAS

O número de empresas com contas em atraso e registradas nos cadastros de devedores chama atenção: subiu 9,39% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado.

O avanço ocorreu principalmente no Sudeste do país, com alta de 17,16% na comparação anual.

Nas demais regiões, também houve aumento na quantidade de empresas inadimplentes, mas em patamares menores:  4,60% no Sul; 4,38% no Centro-Oeste; 2,78% no Nordeste e 1,83% no Norte.

A maior parte das empresas devedoras atua no comércio (46%), seguida do setor de serviços (40%) e indústria (9%).

Quando se leva em conta o setor credor, ou seja, aqueles que deixaram de receber, o destaque fica por conta das empresas do setor de serviços, que respondem sozinhas por 70% do total de dívidas.

Logo em seguida aparecem as empresas do comércio (17%) e indústrias (12%). Na média, cada empresa inadimplente possui duas dívidas registradas no banco de devedores.

Os dados são da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito).

COMO PARTICIPAR

A partir desta segunda-feira (dia 5), Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Nordeste e Banco da Amazônia participam da Semana Nacional do Crédito, que ocorrerá até o fim deste mês.

José Ricardo da Veiga, secretário Especial de Micro e Pequenas Empresas do ministério, diz que neste ano, além de ajudar a capacitar os empreendedores para legalizarem e regularizarem seus negócios, o objetivo é oferecer crédito novo.

Já estão programados mais de 360 eventos em todo o país, e os atendimentos devem ultrapassar  os 17 mil da edição passada.

A programação do Sebrae prevê a realização de seminários em parceria com o BNDES e outras instituições, além de palestras, rodadas de crédito, sessões de negócio, mutirão de atendimento, oficinas e orientação pré e pós-crédito, acesso ao microcrédito e apresentação de opções de garantias, como o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

Dicas para renegociar dívidas e informações sobre a Semana Nacional de Crédito podem ser obtidas no site www.semanadocredito.gov.br  ou pelo telefone 0800 570 0800.

Fonte: Sebrae

Anúncios

Escrito por Claudia Rolli

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s