Não há dúvida que está cada vez mais difícil levar o consumidor para dentro de uma loja, como constatam pesquisas realizadas no Brasil e no exterior.

Imagina se, bem em frente a sua loja, a poucos metros, uma de suas principais concorrentes se instala para vender praticamente os mesmos produtos que você.

Essa é a situação vivida pela franquia da Casa do Pão de Queijo localizada no andar térreo do terminal três do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Durante um bom tempo, ela estava ali, sozinha, para atender passageiros e clientes à espera de parentes e amigos de voos internacionais.

Há menos de um mês abriu bem na frente dela uma loja da rede internacional Starbucks.

A proximidade das duas lojas é tanta que até chama a atenção de quem passa por ali.

A pergunta que se faz é. Há mercado para as duas concorrentes tão pertinho uma da outra?

Para Luís Henrique Stockler, consultor de varejo, se a loja da Starbucks entrou ali é porque avaliou que há demanda reprimida no local e que não está bem atendida.

“A demanda deve ser concentrada, mas se a Starbucks não acreditasse naquele ponto, não teria investido naquele local”, diz.

Para ele, a loja da Starbucks não está ali para incomodar a Casa do Pão de Queijo.

Também não há falha da administração do aeroporto por colocar duas concorrentes frente a frente. “O aeroporto quer locar espaços”, afirma.

“A Starbucks está ali porque acredita ter mais capacidade de atender o público do que a concorrente.”

O que o lojista deve fazer para se sair bem numa situação como essa?

“Aquela que conseguir atender o consumidor de forma mais rápida, com maior qualidade, num bom ambiente, e com bom serviço, vai conquistar a clientela.”

Um cliente de aeroporto, normalmente, está com pressa, diferentemente daquele que vai para um shopping center para passear e, se for atraído por alguma loja, comprar.

No mesmo aeroporto, Stockler conta que teve uma experiência ruim recentemente.

“Jurei que não volto mais em uma loja no aeroporto de Guarulhos. O atendimento estava horrível, o caixa, confuso, e a entrega de produto, bagunçada.”

Quem conseguir evitar tudo iss tem mais chance de concorrer em qualquer ambiente, diz ele, mesmo estando frente a frente ao maior concorrente.

A Casa do Pão de Queijo é uma empresa brasileira. Foi fundada em 1967 por Mário Carneiro. O processo de franquia começou na década de 80.

A Starbucks é uma empresa multinacional norte-americana, com a maior cadeia de cafeterias do mundo. A sede fica na cidade de Seattle.

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s