Meses sem faturar, disputa na Justiça para a redução do aluguel, aumento de preços dos fornecedores, desemprego em alta e cliente com medo de ir às compras.

Uma combinação perfeita de fatores para classificar 2020 como um dos piores anos para o varejo na história do país, de acordo com lojistas.

Mas, por mais incrível que possa parecer, em meio ao emaranhado de condições desfavoráveis ao empreendedor e ao consumo, há um indicador positivo.

Para surpresa de muitos economistas, a inadimplência do consumidor está menor do que há um ano, de acordo com dados do Banco Central e de empresas de informações de crédito.

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s