Quem circula por ruas do comércio de São Paulo tem a impressão de que os preços da locação dos imóveis despencaram, após um ano de pandemia do novo coronavírus.

Em algumas regiões, tapumes espalhados por quarteirões inteiros sugerem que os proprietários dos imóveis fecham negócio a qualquer preço em qualquer lugar.

Não é bem assim, de acordo com imobiliárias especializadas em regiões comerciais de São Paulo consultadas pelo Diário do Comércio.

Corretores imobiliários informam que houve, sim, uma queda de 30%, em média, nos valores da locação em um ano, mas em ruas que não são o ‘filé mignon’ do comércio.

Nas ruas Aimorés e Professor Cesare Lombroso, no Bom Retiro, consideradas as mais importantes da região, não há imóveis para alugar nem nesta fase da pandemia.

“Os preços da locação estavam em queda havia uns quatro anos. Se houve redução, isso ocorreu mais no começo da pandemia”, diz Adriana Weizmann, sócia da Hai.

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s