O novo fechamento do comércio virou um pesadelo para os empresários, que vivem um dos maiores desafios da história recente para manter o negócio em pé.

Qual é o dono de loja que não reclama hoje de ficar mais de 30 dias sem faturar, após parar mais de 70 dias em 2020, ainda mais aquele que não possui venda pela internet.

Com 70% das 287 lojas fechadas, uma das maiores redes de eletrodomésticos e móveis do país, a Lojas Cem, deixou de vender quase meio bilhão de reais no último mês.

A venda pela internet está em fase de estruturação pela empresa, mas é um plano para andar sem muita pressa, e entrar em operação somente em 2022.

Afinal, para a família Dalla Vecchia, dona da rede de quase 70 anos, é melhor se preocupar em vender para 95% do mercado do que para 5%, que é mais ou menos o quanto representa hoje o e-commerce no faturamento total do varejo no país.

Como os irmãos Dalla Vecchia enfrentam este período e o que esperam para o varejo neste ano?

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s