Mês: julho 2021

Dez bairros de SP concentram um quarto do consumo das famílias

Uma informação-chave na hora de abrir um ponto comercial é, sem dúvida, o potencial de consumo do local escolhido. Afinal, não adianta abrir uma loja de vestuário numa área em que o consumo de roupas […]

Quais setores do varejo podem ter melhor (e pior) desempenho neste semestre

É nesta época do ano, geralmente, que os lojistas realizam as tradicionais liquidações de inverno e começam a programar a produção para a venda no final do ano. Em meio a uma pandemia, com inflação […]

Mais de mil cidades brasileiras não têm lojas de roupas

Loja física ou virtual? Nos últimos tempos, um dos principais dilemas dos lojistas é decidir qual desses canais deve receber mais atenção para o negócio prosperar. Com a expansão do e-commerce, especialmente agora, muitos varejistas […]

Cresce modelo de supermercado baseado na honestidade do cliente

Um novo modelo de negócio baseado na honestidade do cliente, o chamado honest market, está dando o que falar no setor de supermercados no Brasil. O país que viveu o boom dos hipermercados, dos atacarejos, […]

País vive onda de valorização de lojas de rua

Há cerca de dez anos, um dos grandes dilemas dos lojistas era escolher os shoppings, que surgiam aos montes em todo o país, para fincar as suas marcas. Abrir loja em rua não era prioridade […]

Riachuelo investe em produtos para o lar e lança marketplace

Com 342 lojas de moda em todo o país, a rede Riachuelo decidiu entrar de vez na venda de artigos de cama, mesa e banho, decoração e utilidades domésticas. E, sem dúvida, um dos motivos […]

Le Postiche revê modelo de negócio para dar a volta por cima

Uma das mais conhecidas redes de malas e bolsas do país, a Le Postiche, acaba de obter o sinal verde da Justiça para colocar em prática um plano que promete uma reviravolta no seu modelo […]

Como uma empresa se beneficia da lei de recuperação judicial

Em meio a uma pandemia, qual é o empresário que não gostaria de ver a sua dívida cair 50%, ter um prazo de 18 anos para quitar o que restou, com um ano de carência? […]