Um novo modelo de negócio baseado na honestidade do cliente, o chamado honest market, está dando o que falar no setor de supermercados no Brasil.

O país que viveu o boom dos hipermercados, dos atacarejos, das lojas de vizinhança e dos minimercados, vê agora expandir as chamadas lojas de super proximidade, isto é, aquelas instaladas dentro de condomínios.

Com as restrições de circulação de pessoas, a pandemia do novo coronavírus deu gás ao negócio.

Mas as empresas, que já estão praticamente nas casas dos clientes, asseguram que este novo formato de loja só tende a crescer no país.

Com 16 supermercados e 24 Food Express, a rede Hirota, que entrou no negócio em 2020, está instalada em 42 condomínios em São Paulo e deve terminar o ano em 64.

Para 2022, a empresa quer fincar a marca em mais 100 condomínios somente na capital paulista.

Com seis supermercados, a rede Enxuto, de Campinas, trilha o mesmo caminho.

A rede, que entrou no novo modelo de lojas em 2018, está instalada em 16 condomínios, dos quais 13 por meio de contêineres equipados com produtos.

Até o final do ano, deve abrir em mais 11 locais e, até 2025, pretende estar em 77 empreendimentos em Campinas e cidades vizinhas.

Em dez dos 42 condomínios onde opera, o Hirota instalou contêineres de 18 metros quadrados e, nos outros 32, montou loja em espaços dos próprios empreendimentos.

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s