O faturamento do comércio paulista com o Dia dos Pais deve chegar a R$ 2,15 bilhões, o melhor resultado desde 2015, de acordo com a CNC (Confederação Nacional do Comércio).

Este valor representa 35,6% da venda em todo o país (R$ 6,3 bilhões) e um crescimento de 9,8% sobre o número de 2020 (R$ 1,96 bilhão) e de 7,5% sobre o de 2019 (R$ 2 bilhões).

Para alívio dos lojistas, um dos setores que mais sofreram com a pandemia, o de vestuário, deve ter o melhor desempenho neste Dia dos Pais.

A expectativa da CNC é que as vendas de roupas e calçados somem R$ 795,6 milhões, com participação de 37% de todo o faturamento do comércio no Estado de São Paulo.

O setor eletroeletrônico e de utilidades domésticas virão em segundo lugar, com 18% de participação, seguido do de farmácia, perfumaria, cosméticos, com 13%.

Este volume de vendas estimado pela CNC deve estar concentrado nesta primeira semana de agosto, de acordo com Fabio Bentes, economista da Confederação Nacional do Comércio.

O avanço da vacinação contra a covid-19 e a redução das restrições para a abertura do comércio são os dois principais motivos da expansão de vendas para este Dia dos Pais.

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s