Dos R$ 41,2 bilhões que o governo federal pretende distribuir para a população neste semestre de eleições, o varejo deve fisgar aproximadamente R$ 16,3 bilhões ou 39,5%.

Os cálculos são de Fábio Bentes, economista da CNC (Confederação Nacional do Comércio), considerando a lista de eventuais beneficiados com a chamada ‘PEC Kamikaze’.

Se aprovada a Proposta de Emenda à Constituição, o Auxílio Brasil deve subir de R$ 400 para R$ 600. O Auxílio Gás, de R$ 53, aumenta para R$ 120 a cada dois meses.

Os caminhoneiros autônomos também devem ser beneficiados com o Auxílio Diesel, criado pelo presidente Jair Bolsonaro, que prevê o pagamento de cinco parcelas de R$ 1 mil.

Quando se fala em bilhões de reais a mais nas mãos das famílias brasileiras, a sensação é que as vendas têm tudo para receber algum empurrão neste semestre.

Mas, de acordo com Bentes, não é bem assim.

Os R$ 16,3 bilhões a mais na renda do brasileiro representam apenas 1,3% do faturamento do comércio estimado para este semestre, da ordem de R$ 1,3 trilhão.

“Não é um dinheiro que vai fazer o comércio brasileiro bombar, pois a inflação e os juros estão altos e as pessoas, mais endividadas. É um momento de colocar o pé no freio”, diz Bentes.

Veja matéria completa

Escrito por Fátima Fernandes

Jornalista especializada em economia, negócios e varejo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s